Janiópolis se mobiliza contra fechamento da agência local do Banco do Brasil

03

Após anúncio de que várias agências do Banco do Brasil serão fechadas, entre elas a de Janiópolis, começou uma mobilização para tentar reverter o fechamento.

Na manhã desta terça-feira (22/11), representantes da Associação Comercial, Câmara de Vereadores, Prefeitura Municipal e de agricultores, tiveram uma reunião com o gerente local do Banco do Brasil, José Osvaldo Servantes.

O Banco do Brasil foi inaugurado na cidade em setembro de 1982. Hoje conta com 12 (doze) funcionários efetivos e terceirizados. A arrecadação anual é de R$ 40 milhões de reais, sendo R$ 30 milhões no setor do agronegócio, o mais prejudicado com o fechamento da agência.

Na reunião – que contou com o vice-presidente da Associação Comercial de Janiópolis, Edivaldo Nascimento, o vereador José Cláudio, o assessor de imprensa de Janiópolis, Sérgio Silva e o advogado da Câmara, Junior Gomes – foram discutidas medidas para mobilizar toda a comunidade, para tentar reverter o fechamento da agência. “Hoje a agência atende a diversos agricultores, e se vier a fechar, irá trazer muitos prejuízos aos agricultores, e também a todos os moradores da cidade. Exemplo disso, são os funcionários públicos que recebem pelo Banco do Brasil”, disse Edivaldo Nascimento.

Durante a reunião, também se cogitou a realização de uma grande manifestação em frente a agência, na tentativa de sensibilizar as autoridades responsáveis. “Já estamos mantendo contato com deputados estaduais e federais, a fim de manter contato com o comando do Banco do Brasil, e tentar e reverter esta situação”, disse o vereador José Cláudio, que também é responsável pelo escritório local da Emater.

Ainda pela manhã, estes representantes participaram de uma entrevista na Rádio Comunidade FM, quando esclareceram à toda a população, a importância desta mobilização. “Temos que nos mobilizar, e esperamos contar com toda a nossa população”, finalizou Edivaldo.